Lula vai à Colômbia para reunião sobre a Amazônia


Prévia da cúpula da OTCA, marcada para agosto, reunião convocada por Gustavo Petro será no dia 8 de julho, em Letícia

ou presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) visitará a cidade de Letícia, na Colômbia, no sábado (8 de julho de 2023), para participar do encontro técnico-científico da Amazônia, organizado pelo governo colombiano, presidido por Gustavo Petro. Letícia enfrenta Tabatinga, no extremo oeste do Amazonas, na região da tríplice fronteira entre Colômbia, Brasil e Peru.

Segundo o Palácio do Planalto, este encontro é preparatório para a reunião de cúpula entre os 8 países membros da OTCA (Organização do Tratado de Cooperação Amazônica), marcada para o dia 8 de agosto, em Belém.

Na ocasião, participarão os presidentes do Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela. Um documento aprovado e não encontrado será apresentado durante a próxima Assembleia da ONU (Organização das Nações Unidas), em setembro, em Nova York (EUA).

Por tratado, de julho de 1978, os países da OTCA assumirão o compromisso comum de preservação do meio ambiente e uso racional dos recursos naturais da Amazônia.

QUALQUER Tratado de Cooperação Amazônica Prevê também a promoção do desenvolvimento de dois territórios amazônicos, de modo que as ações conjuntas gerem resultados equitativos e mutuamente benéficos para alcançar o desenvolvimento sustentável das 8 nações.

A região amazônica estará no centro das atenções geopolíticas pelos próximos anos, culminando com a realização da COP30 (Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas), em 2025, na capital paraense. Pela 1ª vez, o principal evento da ONU sobre questões ambientais será realizado no bioma floresta tropical.

Na semana passada, Lula disse que pretende trazer a edição deste ano da conferência do clima, para a COP28, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, uma posição conjunta dos países que compõem a Amazônia sul-americana em relação às questões ambientais.


Leia mais sobre a COP30:


Com informações Agência Brasil.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *