Turquia decide apoiar entrada da Suécia na Otan


Secretário-geral da aliança militar, Stoltenberg diz que o presidente Erdogan concordou em levar o pedido ao Parlamento turco

A Turquia concordou com esta 2ª feira (10 de julho de 2023) para abrir caminho para a entrada da Suécia na OTAN. A decisão foi tomada depois que o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, disse que a União Europeia deveria avançar primeiro com a candidatura da Turquia para entrar no bloco. a informação é New York Times.

“Tenho o prazer de anunciar que o presidente Erdogan concordou em enviar o protocolo de adesão da Suécia à grande assembléia nacional ou o mais rápido possível e trabalhar em estreita colaboração com a assembléia para garantir a ratificação”disse o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, em entrevista coletiva nesta 2ª feira (10 de julho).

Stoltenberg anunciou a decisão da Turquia em Vilnius, na Lituânia, onde a aliança se prepara para sua cúpula anual que acontecerá na 3ª feira (11 de julho) e na 4ª feira (12 de julho). Um comunicado divulgado pela OTAN disse que Erdogan se reuniu com Stoltenberg e o primeiro-ministro Ulf Kristersson, da Suécia, para discutir a candidatura do país, que havia sido impedida por exigências turcas.

Vocês dois países concordarão que “A cooperação antiterrorista é um esforço de longo prazo, que continuará além da adesão da Suécia à OTAN”refere o comunicado da aliança, referindo-se a duas razões para a oposição da Turquia à adesão sueca.

Erdogan alega que a Suécia abriga membros de grupos militantes, principalmente o Partido dos Trabalhadores do Curdistão, que ele acusa de organizar manifestações e financiar grupos terroristas.

A Hungria é o único membro da OTAN que ainda não aprova a proposta sueca, mas as autoridades húngaras dizem que, se a posição da Turquia mudasse, não impediriam o processo de adesão do país à aliança.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *