Sebrae e governo fecham acordo para inclusão via empreendedorismo


Sem lançamento da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, ministro Wellington Dias e Décio Lima assinaram cooperação

PARA Frente Parlamentar Mista Micro e Pequenas Empresas Foi relançado nesta 4ª feira (5.Jul.2023) à noite. Nenhum evento que marcou retomada, ou ministro Dias de Wellington (Desenvolvimento Regional e Assistência Social) e presidente da SebraeDécio Lima, assinou documento que determina parceria para promover políticas de inclusão por meio do empreendedorismo.

Ambos falarão na cerimônia, realizada na Câmara dos Deputados. Wellington Dias deu foco na possibilidade de capacitar brasileiros inscritos no não-CadÚnico –sistema unificado de dados de pessoas vinculadas a programas sociais– em empresas.

O ministro falou em “dê a mão no que você precisa”. O objetivo é que os municípios possam melhorar sua situação financeira a partir do empreendedorismo e, da mesma forma, deixar de depender de dois auxílios sociais.

Segundo Dias, uma atividade como essa é importante para dar mais oportunidades aos brasileiros e também para gerar mais negócios e renda. “Quem mais gera emprego? os pequenos [negócios]. Pela importância dessa frente, dessa integração”eu declarei.

Décio Lima elogiou a parceria com o Desenvolvimento Regional. Ele disse para ele parar “todas as políticas públicas são feitas para o desenvolvimento dos pequenos negócios, ou o Sebrae estará a favor do governo”.

O presidente ainda foca nos resultados econômicos do governo em 2023. Falou do crescimento do PIB anterior e do saldo recorde da balança comercial de importações e exportações.

Para Lima, os indicadores são positivos para os pequenos negócios, o que impulsionaria a economia como um todo.

Sobre a reforma tributária, declarou ser necessário sair do Simples Nacional para as remoções. “Temos a expectativa de que o Simples Nacional permaneça intocado, por conta de um marco regulatório que garanta as micro e pequenas empresas. Além disso, esperamos que a reforma tributária trate claramente de uma devolução de dinheiro para as famílias mais pobres”eu afirmei. Ainda crítico o atual patamar da Selic, taxa básica de juros, em 13,75% desde setembro de 2022.

Em discurso, Décio Lima elogiou os 51 anos do Sebrae. O dia 5 de julho representa o aniversário da entidade.

ou deputado Helder Salomão (PT-ES), presidente da frente parlamentar, disse ainda que usar duas leis é prejudicial ao país. Falou sobre a importância de desburocratizar ou empreender. Sobre a parceria com o governo, ele diz ser fundamental “estimular, preparar e capacitar os empresários para que participem cada vez mais das contas públicas do país”.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *