Se não tivesse juízo, ia viver minha vida com a Janja, diz Lula


O presidente afirma que a primeira-dama foi incentivada a concorrer às eleições de 2022 para “recuperar o que foi perdido”

ou presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) Afirmo que, se não tiver juízo” para liderar o país, eu seria “vivendo minha vida” com a primeira-dama Janja Lula da Silva. A declaração foi feita durante o 59º Congresso da JUNTAS (União Nacional dos Estudantes), na noite desta 5ª feira (13 de julho de 2023).

“Enquanto isso, quando estivermos comprometidos como país e como povo, quando encontrarmos uma empresa que diga: ‘vai, vai que a luta é nossa e do povo brasileiro’, temos que voltar atrás para resgatar o que é de o povo”afirmou o chef executivo.

Lula também disse que foi procurado “Fazer mais, para fazer melhor, por vocês voltaremos a sonhar e esperar. Feliz por ser brasileiro”. O presidente foi fortemente aplaudido neste momento.

Assistência (2min8s):

Em discurso, Lula também confirmou que foi o último presidente a participar de um congresso da UNE, em 2009. “E 14 anos depois eu estava aqui. Tenha certeza de que não estarei perto e não perto”ele disse.

Nesse momento, os alunos se juntarão a nós e passarão para entoar o famoso grito de guerra: “Lula, guerreiro, dos pobres brasileiros”.

Assistir a todo o discurso (15min1s):


Leia mais sobre o congresso da UNE:



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *