Santa Catarina tem 82 municípios em estado de emergência

[ad_1]

Segundo boletim divulgado pela Defesa Civil, 28.900 pessoas já foram afetadas desde o início das chuvas no Estado

O Estado de Santa Catarina tem 82 cidades em situação de emergência nesta 2ª feira (9.out.2023) em decorrência das chuvas. Segundo o último balanço da Defesa Civil do Estado, 135 municípios tiveram ocorrências desde 4ª feira (4.out) e 28.900 pessoas já foram afetadas. Foram registradas duas mortes e um ferido por deslizamento. 

A região do Alto Vale do Itajaí foi a mais afetada pelas chuvas, com 327 chamados registrados pelo Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina. A cidade de Taió teve a maior enchente da sua história, com 12,4 m de altura de água do rio, o que fez com que todos os bairros do município ficassem alagados.

O Corpo de Bombeiros registrou 877 atendimentos desde o começo das chuvas–495 somente entre domingo (8.out) e  2ª (9.out). O governo estadual diz ter distribuído 39.900 itens de assistência e o governador Jorginho Mello (PL-SC) sobrevoou as áreas afetadas. 

O Estado também anunciou o fechamento de barragens para tentar conter o avanço de rios. As estruturas de Ituporanga e Taió estão com 100% da sua capacidade, segundo a defesa civil. A barragem José Boiteux foi fechada durante a tarde de domingo, depois de comunidades indígenas da região entrarem em confronto com a polícia. 

A barragem não era operada desde 2014 e seu fechamento provocaria o alagamento do território indígena do povo Xokleng. Uma decisão da Justiça Federal determinou que a barragem José Boiteux fosse fechada desde que o governo estadual atendesse medidas de segurança para os indígenas. 3 foram baleados no confronto. A barragem foi fechada e está com 64% da sua capacidade.

18 estradas também foram afetadas pelas chuvas. Foram registradas ocorrências envolvendo alagamento, rachaduras, deslizamentos e destroços nas pistas. Leia a lista completa no portal da Defesa Civil de Santa Catarina.



[ad_2]

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *