Queremos política de “ganha-ganha” em acordo com a UE, diz Lula


Presidente diz que não quer “política em que ganhem o povo da vara”; devido a declaração durante live na internet

ou presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta 3ª feira (4 de julho de 2023) que não aceitará “imposições” Sem acordo Mercosul-União Europeia. Segundo Lula, o bloco sul-americano prepara uma resposta à carta da UE com as condições para a conclusão do acordo.

“Não aceitamos a carta. Agora estamos preparando outra resposta, porque vamos a Bruxelas para discutir com a UE e os países latino-americanos e precisamos ter uma resposta que queremos consolidar ou acordar. Queremos fazer uma política ganha-ganha. As pessoas não querem fazer uma política em que ganham e o povo empoleira”, afirmou Lula.

O presidente se pronunciou sobre o assunto em seu ao vivo semanal “Conversa com o Presidente”, programa semanal que foi entrevistado pelo jornalista Marcos Uchôa. Foi a 4ª exposição realizada.

Auxiliar na transmissão:

O Brasil ainda está construindo uma proposta para o acesso de dois europeus às compras públicas no país. O atual governo é contra a equalização de oportunidades entre empresas europeias e brasileiras.

Outro ponto questionado pelo Executivo brasileiro são as sanções comerciais sugeridas para o caso de descumprimento de normas ambientais. Essa pergunta foi incluída em uma carta adicional enviada pela UE ao Mercosul em março.

A contraproposta do Brasil terá que se concentrar em 3 pontos:

  • pequenas e médias empresas – ficariam com acesso preservado às compras do governo federal. Uma forma de fazer isso é por meio de margens de preferência nas licitações. As pequenas empresas brasileiras podem vencer mesmo com licitações, por exemplo, 20% acima das correspondentes. A porcentagem teria que ser negociada;
  • diga olá – as compras do SUS não estão parcialmente acertadas. O governo quer excluí-los totalmente;
  • compensação – o Brasil quer ampliar os chamados off-sets, em que uma empresa se propõe a oferecer benefícios em troca de acesso ao mercado. Um exemplo de deslocamento tecnológico seria enfrentar um centro de pesquisa no país.

O Brasil assume nesta 3ª feira (4 de julho) a presidência do Mercosul, com mandato até o final de 2023. Lula terá o desafio de dar continuidade às discussões para a conclusão do acordo com a UE. As conversas da 62ª Cúpula de Presidentes do Mercosul, na Argentina, devem tratar do assunto.


Veja outras edições da live de Lula:

  • completo da 1ª edição da live (13 de junho de 2023);
  • completo da 2ª edição da live (19 de junho de 2023);
  • completo da 3ª edição da live (27.jun.2023).



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *