Produção de veículos cai 17% em junho, diz Anfavea


Dados são em comparação a maio; no 1º semestre de 2023, produção cresceu 3,7% ante igual período de 2022

A produção de veículos automotores caiu 17% em junho em relação ao mês anterior. Foram 189,2 mil unidades produzidas no máximo 227,9 mil em maio.

O mês de junho foi marcado pelo início do programa do governo que oferece descontos na compra de veículos e pelos anúncios de paralisação das montadoras. Em relação a junho de 2022, a produção caiu 7,1%.

No 1º semestre de 2023, houve aumento de 3,7% na produção em relação ao mesmo período do ano anterior. os dados fazem anfavea (Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores) e inclui automóveis, veículos comerciais, caminhões e ônibus. Você está em todo do relatório (5,7 MB).

Já as exportações verificadas permanecem de 17,4% em junho em relação a maio. Na comparação com junho de 2022, o restante é de 22,6%. No 1º semestre de 2023, foram 227,2 mil unidades vendidas para outros países.

Considerando apenas os automóveis, os números mostram os 18,5% restantes da produção de junho, com 142,6 mil veículos produzidos. Em maio, eram 175,1 mil. Na comparação com o mesmo período de 2022, o restante é de 10%.

Os comerciais leves, por sua vez, registrarão retração de 11,6% na comparação com o mês anterior. Em junho, produzimos 37,6 mil unidades ante 42,5 mil em maio.

Em relação aos caminhões, a produção recuou 16,2% em junho. A Foram produziu 7 mil caminhões no período ante 8,4 mil produzidos em maio.

A produção de ônibus tem alta de 0,1% no 6º mês de 2023. Ao todo, foram fabricados 1.949 ônibus, apenas 2 unidades a mais que em maio.

programa de desconto

PARA MP 1.175/2023 See Moreque criou o programa de descontos em veículos, não foi publicado DOU (Diário Oficial da União) em 6 de junho. Você está em todo (210 KB).

Como foi anunciado em 25 de maio e oferece 10,96% até descontos de R$ 120.000 até carros populares, através de uma linha de crédito de R$ 650.000.

Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, utilizou R$ 600 mil de crédito, ou o equivalente a 92,3% do programa.

O programa também utiliza linhas de crédito para renovação de frotas de ônibus, vans e caminhões. O valor para ônibus e vans é de R$ 300 milhões, enquanto os caminhões têm uma fatia de R$ 700 milhões.

Paralisação das fábricas

Além do pacote de descontos do governo, o mês de junho também ficou marcado pelo anúncio de suspensões temporárias nas fábricas de 2 montadoras.

Em 27 de junho, às volkswagen interrompeu temporariamente a produção de carros em 3 fábricas localizadas em Taubaté (SP), São Bernardo do Campo (SP) e São José dos Pinhais (PR).

Em nota, a empresa informou que por ter sido adotado em decorrência de “tenda do mercado”.

No dia seguinte, às GM (General Motors) anunciou que reduziu o ritmo de produção em suas fábricas de São José dos Campos (SP) e Mogi das Cruzes (SP) por 5 meses.

Em nota, a montadora afirmou que o objetivo da demissão é garantir a sustentabilidade de seus dois negócios no Brasil e adequar a produção à atual demanda do mercado.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *