Presidente Lula adere ao Threads, nova rede social de Zuckerberg


Petista cria perfil 2 dias após o lançamento do aplicativo, que pertence ao Meta e é o principal concorrente do Twitter

ou presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lançou a nova rede social da empresa Meta, ou Threads, na tarde desta 6ª feira (7 de julho de 2023). O aplicativo de mensagens curtas foi lançado na noite da 4ª feira (5 de julho de 2023) e é o principal concorrente do Twitter, de Elon Musk. A nova rede social tem 10 milhões de assinantes em apenas 7 horas, segundo Mark Zuckerberg, doa para a gigante da tecnologia.

O presidente vê tentando criar mais espaço no universo digital. Há menos de 1 mês, no dia 13 de junho, foi ao ar o programa “Conversa com o presidente” em formato ao vivo. Chefe de Estado reedita ficha usada por ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) que fazia transmissões ao vivo todas as quintas-feiras.

Ao contrário de Lula, ou ex-presidente Esteja presente na nova rede anteriormente. Na publicação deste conteúdo, ele tinha 510 mil seguidores, 1,97% de seus 25,3 milhões de seguidores de Instagram.

Na cúpula do Legislativo, ou presidente da Câmara dos Deputados, Artur Lira (PP-AL), também possui perfil online, com 4.393 seguidores, totalizando 1,5% de seus seguidores no Instagram. Já o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), não houve nenhum cabelo preso até as 18h30 desta 6ª feira (7 de julho), anexado aos Fios.

COMO FUNCIONA O THREADS

Mesmo como um aplicativo autônomo, o Threads será parcialmente integrado ao Instagram. Os seguidores de um perfil no Instagram receberão uma notificação para seguir a nova conta na plataforma do vizinho.

Desta forma, ao invés de reconstruir uma audiência do zero, os usuários do Threads terão sua audiência existente no Instagram, podendo também manter o mesmo nome de usuário nas duas plataformas. Os usuários da rede social criada pela Meta também podem editar, comentar, republicar e compartilhar postagens de texto, de forma semelhante às ferramentas disponíveis no Twitter.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *