PF envia ao governo proposta para seguir na segurança de Lula


Cúpula da corporação recusa ir à coordenação militar do GSI; texto é com Flávio Dino (Justiça)

PARA Polícia Federal enviado para ou ministro da Justiçacomandado por Flávio Dino, um decreto proposto para continuar a segurança presidencial. A liderança da corporação se recusa a atuar na coordenação dos militares GSI (Gabinete de Segurança Institucional), conforme anunciado pelo próprio Dino e rui costa (Casa Civil) após reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Na ocasião, os ministros declararam que a segurança estava sob o comando de dois militares do GSI, mas com agentes de outros órgãos de segurança de acordo com a vontade do PT, do vice-presidente Geraldo Alckmin e seus parentes. No caso de Lula, a primeira-dama Janja Lula da Silva quer a permanência da PF em sua segurança, em segundo lugar, ou Power360. O governo prepara um decreto para regulamentar a coexistência dessas instituições atuando em conjunto. Depois da Justiça, o texto ainda deve passar pelo Ministério da Gestão e Inovação, liderado por Esther Dweck.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *