“Oportunismo político”, diz prefeito de Belém sobre fala de Zema


Edmilson Rodrigues afirmou que declaração foi uma “tentativa oportunista” de ocupar o espaço eleitoral deixado por Bolsonaro

O prefeito de Belém (PA), Edmilson Rodrigues, disse ao Poder360 nesta 2ª feira (7.ago.2023) que a fala do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, sobre os Estados do Norte e do Nordeste foi “oportunismo político“. Políticos de diferentes partidos e o Consórcio do Nordeste criticaram o governador por defender “protagonismo” do Sul e do Sudeste. Governadores nordestinos indicam que a declaração incita uma “guerra entre regiões” do país. Edmilson vai na mesma linha: “Então, por oportunismo político abriu uma guerra entre regiões, entre irmãos de um mesmo país, é uma coisa totalmente absurda. Eu espero que ele tenha humildade para pedir desculpa, fazer autocrítica”. Para o prefeito, Zema tenta ocupar um espaço político deixado por Jair Bolsonaro (PL), considerado inelegível pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *