NuPlural: conheça o grupo de gerações de pessoas com deficiência do Nubank









O Nubank tem como um dos seus principais valores a construção de tempos fortes e diversos. Acreditamos que a diversidade e a inclusão são fundamentais dentro da sociedade, e sabemos da importância da pluralidade dos nossos tempos para desenvolvermos produtos que façam cada vez mais sentido para todos os nossos clientes.

E foi a partir desse pensamento que, em novembro de 2020, nasceu o NuPlural, o grupo de perdas de pessoas com deficiência do Nubank.

Abaixo, saiba mais informações sobre o grupo e seu papel no Nubank.

O NuPlural, como seguidor o grupo de pessoas com deficiência do Nubank, funciona como uma comunidade, criado para que os nossos funcionários com deficiência compartilhem experiências, suportem acolhimento e nos apoiem na criação de um ambiente de discussão e troca de vivências.

O grupo atua no Nubank para promover mudanças na empresa, com ações de letramento para os funcionários, palestras com influenciadores relevantes, como Lau Patron, Mariana Torquatto e Ivan Baron, além do guia anticapacitista e implementações de acessibilidade em nosso app.

“O NuPlural foi criado como um espaço de trocas e aprendizados entre as pessoas com deficiência. Compartilhando nossas experiências do dia a dia, participamos da construção, junto com o Nu, um ambiente mais seguro e inclusivo”, afirma Milca da Silva, especialista em Diversidade e Inclusão no Nubank.

Além do NuPlural, existem ainda os Nublacks, NuPride, Purple Parents e NuWomen, que atuam junto ao time de Diversidade e Inclusão.

“Ter um grupo de emoções é extremamente importante pois construímos um espaço seguro e de partilha das vivências, dividindo as nossas conquistas e aprendendo uns com os outros. Quando nos referimos às pessoas com deficiência no mercado de trabalho, esse momento de troca é valioso e nos ajuda a romper os desafios do dia a dia”, diz Magda Cardoso, líder do NuPlural.

A pluralidade está relacionada à diversidade de coisas ou pessoas reunidas em um mesmo espaço.

A comunidade de pessoas com deficiência (PcD) é uma das mais extensas em pluralidade, e faz com que os diálogos e contribuições sejam ainda mais relevantes, considerando os temas de acessibilidade – para funcionários e também para clientes, desenvolvimento profissional e ações para a acomodação da inclusão.

“Diversidade é convidar para a festa; inclusão é tirar para dançar”.

A frase é de um autor desconhecido e ficou famoso em uma apresentação da Vice-Presidente de Inclusão da Netflix, Verna Myers. E é essa a nossa busca constante: não é fácil, mas ainda sim uma festa com dança.

Para celebrar a existência das pessoas com deficiência (dentro e fora do ambiente de trabalho) e mostrar o quanto elas são plurais e potentes, lançamos o vídeo abaixo, uma criação do grupo de geração NuPlural.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *