Nubank lança o Instituto Nu, a nova plataforma de inovação social









Uma das missões do Nubank é promover a inclusão financeira. Desde o início, em 2013, queríamos que milhões de brasileiros que estavam à margem do sistema bancário pudessem ter acesso a serviços sem burocracia e com autonomia. Hoje, 9 anos depois, anunciamos o lançamento do Instituto Nu, que vai trabalhar pela redução da desigualdade, incentivando iniciativas nas favelas e periferias brasileiras.

O lema da instituição é “pelo corre de quem sempre foi correr”, e o objetivo é atuar em três plataformas: educação para empregabilidade, empreendedorismo e inovação social.

“O Instituto Nu chega para levar adiante nossos valores de inovar e romper o status quo. A entidade vai dar voz e espaço para o que acontece na periferia com base em nossos princípios de causar impacto na vida das pessoas”.

Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank e presidente do Instituto Nu

Abaixo, saiba mais sobre essa iniciativa do Nubank.

O lançamento do Instituto Nu segue os princípios do Nu Impacto, área de atuação do ESG do Nubank – que lançou seu Manifesto no início deste ano – e tem como compromisso a geração de impacto positivo nas áreas de governança, social e cuidado com o meio ambiente. A proposta do Instituto Nu é reunir líderes inconformados para mudar os cenários sociais em favelas e comunidades do Brasil.

“Uma das compreensões do Instituto Nu é de que a frente de atuação esteja escutada com mulheres negras da periferia, executivas das favelas, grupos, organizações e coletivos periféricos para promover impactos reais e eficientes diretamente na ponta. Queremos que a potência da favela seja valorizada e que o Instituto Nu seja uma ferramenta para isso”

Marisa Santana, Gerente de Projetos do Instituto Nu

Para saber mais clique aqui, ou visite a página do Instituto Nu no Instagram.

Leia mais:

Manifesto Nu Impacto: o compromisso do Nubank com a adoção das práticas ESG

O que a sigla ESG quer dizer sobre uma empresa?

Expo Favela 2022: mais da metade dos moradores de favelas no Brasil quer empreender





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *