“Não perco nenhuma noite de sono”, diz Lula sobre Congresso

[ad_1]

Presidente declara não estar nervoso com votações na Câmara; Segundo o PT, Brasil vive momento de “tranquilidade”

ou presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou este sábado (1 de julho de 2023) que não perde “nenhuma noite de sono” Ele está nervoso com a votação no Congresso. Segundo ou PT, ou quem está no Congresso será votado “de acordo com a sua vontade” de seu próprio Congresso.

“O presidente da República não está nervoso com a votação no Congresso. Eu não perco nenhuma noite de sono […] Ou o Congresso tem hora ou hora para se reunir e votar, ou o Senado tem hora ou hora para dar. Não sou obrigado a concordar 100% com o Congresso”disse Lula a jornalistas durante visita à seleção estagiária de futebol feminino, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Segundo Lula, o país vive um momento de tranquilidade. “Não há tempo para nervosismo”eu declarei.

DERROTAS FORA DO CONGRESSO

Em 6 meses de governo, o presidente acumula 4 derrotas em votos na Câmara dos Deputados. Os parlamentares criticam a falta de articulação política da gestão e a ausência de participação do chef executivo nas discussões.

A primeira derrota do presidente foi a decretação do saneamento em 4 de maio. Deputados demolidos 2 trechos de texto estabelecido por Lula para assumir a presidência. O padrão está no Senado.

Outra reprovação de Lula foi aprovada no dia 24 de maio pela MP (medida provisória) sobre regularização ambiental (MP 1.150 de 2022), editado no governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Uma proposta aprovada pelos deputados afrouxa as regras do licenciamento ambiental.

A direção do PT segue sofrendo duas derrotas seguidas. No dia 30 de maio, tivemos aprovação do horário na Câmara. Por proposta limita a demarcação de terras indígenas, determinando que somente as terras ocupadas por povos indígenas poderiam ser demarcadas em 5 de outubro de 1988, data da promulgação da Constituição.

Embora não seja uma proposta de Lula, a aprovação é considerada uma derrota porque o PT é um defensor das demarcações pró-indígenas. Em março, o PT falou que vai acelerar a demarcação das terras indígenas que estão “preparar” antes das pessoas “nós apreendemos” das.

Não no dia seguinte agora ou evacuação dois Ministérios do Meio Ambiente e dois Ministérios Nacionais dos Povos Indígenas aprovação dá medida provisória 1.154 de 2023 que reestruturou Esplanada, aumentando de 23 para 37 o número de ministérios não governamentais.



[ad_2]

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *