Moraes manda soltar mais 72 presos pelo 8 de Janeiro

[ad_1]

Desde 7 de agosto, 162 réus foram liberados mediante cautelares; ministro entende não haver mais risco às investigações

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), concedeu liberdade provisória a outros 72 presos pelos atos extremistas do 8 de Janeiro nesta 3ª feira (8.ago.2023). Ao todo, 162 réus foram liberados desde 3ª (7.ago) pelo ministro.

A decisão do ministro beneficia 25 mulheres e 47 homens. Atualmente, 128 pessoas seguem presas pela invasão e depredação dos Três Poderes, sendo 115 homens e 13 mulheres. Deste total, 49 foram presos entre 8 e 9 de janeiro e outras 79 em operações da PF (Polícia Federal).

No entendimento de Moraes, os acusados não representam mais riscos às investigações. O ministro substituiu a prisão por medidas cautelares, como uso de tornozeleira eletrônica, proibição de usar redes sociais, cancelamento dos passaportes, suspensão do porte de armas e obrigação de comparecer semanalmente à Justiça.

Réus na investigação que apura a invasão às sedes dos Três Poderes, em Brasília, os acusados respondem pelos crimes de associação criminosa, abolição do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado e crime contra o patrimônio público tombado.



[ad_2]

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *