Moraes é hostilizado por brasileiros no aeroporto de Roma


Filho do ministro do STF teria sido atacado; PF identificou 3 envolvidos e vai abrir inquérito para analisar o caso

ó ministro faça STF (Supremo Tribunal Federal) e presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Alexandre de Moraes, foi assediado por 3 brasileiras no aeroporto internacional de Roma (Itália), por volta das 18h45 (13h45 não horário de Brasília) da 6ª feira (14 de julho de 2023) .

Na ocasião, Moraes, que estava acompanhado do filho, voltava de palestra no Fórum de Direito Internacional, realizado no dia Universidade de Siena. A informação é do jornal ou globo e cabelo confirmado power360.

Os agressores chamaram ou ministro da “bandido, comunista e comprado”. Um dê a eles, identificados pela Perguntas frequentes (Polícia Federal) como Roberto Mantovani Filho, foi agredir fisicamente o filho de Moraes, quando este interveio na discussão em defesa de seu país. Os outros 2 agressores foram identificados como Andreia e Alex Zanatta.

Os 3 desembarcaram na manhã desta segunda-feira (15) no aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo. Na 2ª feira (17 de julho) a PF abrirá inquérito por crimes contra a honra e ameaças e os agressores responderão ao processo em liberdade.

em seu perfil não twitterou Ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dinochamado ou episódio de “comportamento criminoso”.

“Quando é que esses extremistas vão agredir agentes públicos, em locais públicos, mesmo acompanhados de seus familiares?”Dinho perguntou.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *