Limite de visualizações não impactou a publicidade, diz Twitter


Plataforma afirma que tax-limit foi aplicado para garantir a autenticidade dos usuários e remover contas de spam da rede

O Twitter diz nesta 3ª feira (4.Jul.2023) que o limite temporário do número de publicações que as contas podem ver na plataforma terá impacto “mínimo” na publicidade veiculada na rede social. Ao postar em seu blog de negócios, a empresa afirmou que o limite de impostos foi definido para remover spam e robôs.

“Para garantir a autenticidade de nossa base de usuários, devemos tomar medidas extremas para remover spam e bots de nossa plataforma. É por isso que limitamos temporariamente o uso para que possamos detectar e eliminar bots e outros agentes maliciosos que estão prejudicando a plataforma”, ele disse A rede social está nesta 3ª feira (4 de julho).

A plataforma alegou que não notificou os usuários com antecedência sobre a mudança porque poderia permitir “Atores maliciosos alteram seu comportamento para evitar a detecção”.

No fim de semana, o proprietário Elon Musk disse que o Twitter estava impondo os chamados limites fiscais “para lidar com a manipulação do sistema”. Nesta 3ª feira (4 de julho), a plataforma afirmou que está trabalhando para prevenir contas de spam e robôs Extraímos dados públicos dos usuários para criar modelos de inteligência artificial. Ele também afirmou que a redução do número de tweets disponíveis para visualização diária não alteraria ou atingiria dois anúncios na rede social.

“Atualmente, as restrições afetam uma pequena porcentagem de pessoas que usam a plataforma e forneceremos uma atualização quando o trabalho for concluído. Não que se refira aos nossos clientes, os efeitos na publicidade são mínimos”disse à plataforma.

O comunicado concluía dizendo que “Às vezes, mesmo por um breve momento, é preciso desacelerar para acelerar” e obrigado pela paciência de dois usuários.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *