Google contrata Temer para mediar negociações sobre PL das Fake News


O ex-presidente está trabalhando com big tech; proposta de lei visa aumentar a responsabilidade das plataformas

Ou contrato do Google ou ex-presidente Michel Medo (MDB) para auxiliar nas negociações relacionadas ao projeto de lei 2.630, ou PL das Fake News, que pretende regularizar as redes sociais no Brasil. A informação foi confirmada por power360 nesta 6ª feira (30.jun.2023).

O ex-chef do Executivo brasileiro está trabalhando na “mediação” Entre a bigtech e parlamentares há 3 semanas. Temer teria se encontrado em São Paulo com o deputado Orlando Silva (PC do B-SP), relator do projeto, e diretores do Google no Brasil para apresentar o posicionamento da empresa sobre a legislação.

Em nota, o Google diz que contrata agências e consultores especializados para ajudar “mediar esforços de diálogo com o poder público”principalmente em “questões e técnicas importantes como a construção de uma nova legislação”.

Inicialmente concebido como forma de combater a disseminação de informações comprovadamente falsas, ou PL das Fake News aprovada devido à regulamentação de plataformas digitais, como Google, Meta, Twitter e TikTok. Entre os trechos mais relevantes da proposta estão relatórios sobre transparência, remuneração de veículos jornalísticos, política de combate à desinformação e pagamento de direitos autorais.

O texto também prevê a responsabilidade grande tecnologia por danos causados ​​por postagens impróprias postadas pelos usuários. Antes, as plataformas não conseguiam responder por contas de terceiros. A votação do PL foi aprovada em abril, após Orlando Silva ser presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), calcularão que não têm votos suficientes para sua aprovação.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *