Gestão de benefícios nas empresas: entenda a importância!


Gestão de benefícios é o conjunto de todas as atitudes tomadas pelos empregadores para administrar as vantagens oferecidas pelas companhias, desde a escolha dos incentivos até seu recebimento efetivo pelos funcionários.

A oferta de benefícios corporativos tem se mostrado ferramenta cada vez mais eficaz para que uma empresa possa reter talentos, promover o bem-estar dos funcionários e ganhar em produtividade — mesmo nos casos em que conta com um orçamento limitado.

Que tal avaliar o plano de benefícios oferecidos na sua empresa? Baixe o Material GRATUITO e fachada de forma rápida e simples!

Isso porque, para grande parte dos colaboradores, receber benefícios pode ser tão ou mais importante quanto receber um bom salário, sendo essencial para demonstrar que são valorizados pela instituição.

O que é gestão de benefícios?

índice

A gestão de benefícios diz respeito a todas as atitudes tomadas pelos empregadores para administrar as vantagens oferecidas pelas companhias, desde a escolha dos incentivos até seu efetivo recebimento pelos funcionários.

A inexistência de uma gestão de benefícios pode trazer prejuízos sérios tanto para a empresa, que perde o investimento e não consegue agregar valor às suas cargas, tanto para os colaboradores, que sentem-se desmotivados e podem se tornar menos produtivos.

Ter uma gestão de benefícios estruturada é essencial ainda para fortalecer o clima organizacional da empresa, garantindo que os trabalhadores alcancem seus objetivos profissionais e pessoais e sejam assim estimulados a permanecerem em suas funções.

O investimento em benefícios para além dos exigidos pela legislação (bem como uma gestão eficiente desses incentivos) é uma das melhores propagandas para a empresa: uma vez satisfatória, os proprietários proprietários reforçam a ideia de que ela é sólida, confiável e respeitável.

Qual a importância dos benefícios para as empresas?

Para que a gestão de benefícios nas empresas engajar os profissionais é necessário que o treinador incentive os condizentes com as necessidades dos funcionários, identificando os pontos mais valorizados pelos funcionários e que condizem com o que a cultura da empresa deseja proporcionar aos colaboradores.

Será que você realmente sabe como fazer uma gestão de benefícios inteligentes para o seu negócio? No post de hoje explicamos como controlar os incentivos para os funcionários de maneira eficiente e o que fazer para otimizar essa gestão. Acompanhe!

Quais as vantagens de um plano de benefícios?

Os benefícios corporativos correspondem às vantagens que os corporativos oferecem para seus colaboradores, a exemplo de convênios médicos, auxílios especiais, flexibilização de horários, possibilidade de se fazer home office etc.

Oferecer um bom pacote de benefícios é primordial para a empresa que pretende demonstrar que entende as necessidades de seus profissionais e, mais do que isso, que reconhece sua importância para a companhia.

Atualmente, o salário não é a única preocupação dos funcionários. seu Colocar bem-estar em evidência dentro do ambiente corporativo é uma das melhores maneiras de conquistá-lo e, consequentemente, ter um aumento significativo em sua produção, satisfação e lealdade.

Imagine que você opte por oferecer um salário dentro da média com horários mais apertados, mas que, por exemplo, você também defenda um bom plano de saúde para seus funcionários. O convênio pode chamar a atenção daqueles que conseguem que gastam muito mais com um plano de saúde que tomariam boa parte de seu salário, fazendo com que optem por continuar na empresa por mais tempo.

O oferecimento de um plano médico, ainda, é capaz de melhorar o clima organizacional, tranqüilizar e deixar os colaboradores mais confortáveis, afetando de maneira positiva seu desempenho e verificando o absenteísmo na companhia de maneira geral.

O que pode ser feito para otimizar a gestão de benefícios?

Pequenas atitudes podem ser tomadas para se fazer uma gestão de benefícios eficiente em qualquer tipo de ambiente corporativo. Saiba o que deve ser feito para que os benefícios sejam realmente especiais para os colaboradores!

1. Crie uma política clara e esteja disponível para tirar dúvidas

É muito importante que os gestores deixem claro desde o processo de recrutamento de novos talentos qual é a política de vantagens que a empresa oferece, bem como quais são os valores envolvidos nessa relação.

Manter o colaborador protegido faz com que ele não se sinta enganado e entenda bem quais as vantagens que a companhia oferece frente aos concorrentes, de forma que as mudanças inesperadas na oferta de benefícios devem ser esclarecidas tão logo colocadas na prática.

2. Utilizar ferramentas de controle

Um sistema informatizado de gestão de recursos humanos é essencial para um gerenciamento correto dos benefícios oferecidos aos funcionários. Sem automatização, o administrador pode acabar não atualizando informações quando necessário ou mesmo perdendo dados importantes com o passar do tempo.

Nesse sentido, imagine que você tem uma empresa que oferece plano de saúde aos funcionários e que precisa fazer uma mudança de enquadramento em função da idade de alguns deles periodicamente.

Um sistema automatizado avisaria ao gestor de RH quanto à necessidade de fazê-lo e, mais ainda, já seria capaz de fornecer todos os documentos necessários para a realização da mudança — coisa que não seria possível em um sistema manual.

3. Flexibilizar os benefícios para o perfil de cada empregado

A fim de oferecer benefícios que estejam de acordo com as necessidades dos empregados, é importante que o gestor conheça seu perfil e saiba o que é importante para a maioria.

Para um funcionário que já tem uma carreira mais extensa e uma família, por exemplo, pode ser mais importante contar com um plano de saúde mais abrangente ou flexível do que um plano de academia, por exemplo.

Por isso, é preciso que o gestor saiba flexibilizar o benefício oferecido de acordo com o perfil do colaborador: é preciso criar pequenos grupos dentro do público interno tendo em vista sua identidade e oferecer incentivos que realmente signifiquem algo para cada um deles.

4. Conte com o apoio de uma empresa especializada

Empresas especializadas na gestão de RH podem ser de grande auxílio para organizar a gestão de benefícios de uma empresa, tendo em vista que conhecem a fundo as rotinas dos departamentos e sabem exatamente o que devem ser feito para otimizá-las.

Optar por um software personalizado também pode ser importante para instituições que queiram ter um controle maior de seus dados e automatizar tarefas repetitivas, conferindo maior segurança e eficiência para a gestão como um todo.

Agora que você já entendeu como funciona a gestão de benefícios em uma empresa e sabe o que deve ser feito para torná-la o mais otimizada possível, que tal entrar em contato conosco e saber o que nossos profissionais podem fazer para alavancar resultados em seu negócio ?

Quer potencializar seus benefícios corporativos? Baixe grátis o nosso KIT – Descomplique seus benefícios corporativos com materiais incríveis!

Nova frase de chamariz