Conheça 4 ferramentas para fazer um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) de sucesso

[ad_1]

Você já ouviu por aí que “um objetivo sem um plano é apenas um desejo”? Essa frase, creditada ao autor do livro O Pequeno Príncipeo escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, serve para nos lembrar da importância do planejamento para alcançar metas e objetivos.

No meio corporativo, uma ferramenta bastante útil para isso é o Plano de Desenvolvimento Individual (PDI), um plano de ação em que são organizadas ações a serem tomadas para que se alcance determinado objetivo. Por meio desse roteiro, o colaborador sabe quais passos deve seguir para ir do estado atual até aquele que é desejado por ele, como uma promoção ou mudança de área.

A implementação do PDI traz uma série de benefícios para as empresas. Primeiro, os colaboradores ficam mais motivados, pois sabem que, quando concluírem determinadas etapas, alcançarão seus objetivos. É como se assumir o controle do próprio desenvolvimento. Além disso, o plano traz engajamento, ajuda a reter talentos e aumenta a produtividade dos colaboradores.

Se você quer aplicar o Plano de Desenvolvimento Individual na sua empresa, mas não sabe por onde começar, acompanhe este artigo. Nele, vamos apresentar as principais ferramentas e técnicas que podem auxiliar no processo. Confira!

Como construir um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI)?

índice

Para implementar o Plano de Desenvolvimento Individual, você pode contar com o apoio de diversas técnicas e ferramentas. Conheça os 4 principais.

1. Mapeamento de competências

O mapeamento de competências é uma técnica que serve para identificar as habilidades necessárias para cada carga e área da sua empresa. Isso inclui competências técnicas e também comportamentais, que os colaboradores precisam ter para que alcancem os objetivos da organização.

Com base nesse mapeamento, a empresa consegue investir nos colaboradores e direcioná-los para que trabalhem em prol das metas do negócio.

A partir desse levantamento, a empresa pode identificar os pontos que precisam ser melhorados, montando um Plano de Desenvolvimento Individual que pode destacar ou melhorar os pontos fortes de seus colaboradores.

Mas como fazer o mapeamento de competências na prática? Para isso, o primeiro passo é coletar os dados sobre as competências necessárias para ocupar as cargas da empresa. Isso pode ser feito por meio de pesquisa documental, observado documentos de processos e projetos e entendendo o que cada pessoa faz na empresa. Além disso, é possível aplicar um seguidor que os colaboradores devem responder sobre suas atividades.

Em seguida, deve-se analisar os dados obtidos e descrever as competências necessárias. Isso deve ser feito de maneira objetiva e detalhada, sem genéricas demais.

2. 5W2H

A matriz 5W2H é uma ferramenta usada com diversas finalidades quando o assunto é gestão. Ela serve, por exemplo, para gestão de projetos, gestão orçamentária, elaboração de planejamento estratégico, dentre outras possibilidades. Além disso, quando o assunto é PDI, essa é também uma das técnicas mais utilizadas.

Funciona da seguinte forma: o método 5W2H consiste em fazer uma lista de perguntas e respostas sobre determinado projeto, focando em uma meta específica. O nome vem do inglês: é preciso responder 5 questões que começam com W e duas que começam com H.

Vamos desmembrar essa sigla para entendê-la. Primeiro, os 5 W:

  • O que (o quê?): aqui, descreve-se o que precisa ser feito;
  • Por que (por quê?): por que motivo precisa ser feito;
  • Onde (onde?): em que lugar precisa ser feito;
  • Quando (quando?): em que prazo precisa ser feito;
  • Quem (quem?): quem deve realizar.

Em seguida, temos os 2H:

  • Quão (como?): quais são as ações necessárias?
  • Quantos (quanto custa?): qual o orçamento necessário?

3. Ferramenta de avaliação de desempenho

A avaliação de desempenho permite saber se os colaboradores estão produzindo conforme o desejado pela empresa, ou se as entregas estão abaixo do necessário.

Para empresas que estão implementando o PDI, essa é uma prática especialmente valiosa, pois permite dar feedbacks ao colaborador para que ele saiba se está no caminho certo ou se é preciso reajustar a rota.

Hoje, já existem no mercado diversas ferramentas que ajudam a fazer a avaliação de desempenho, dando suporte à área de Recursos Humanos. Se preferir, a empresa também pode usar uma planilha para isso.

Que tal baixar uma planilha completa para avaliar seus funcionários? Faça o download gratuito do material Avaliação de Desempenho por Competência.

4. Software de gestão de RH

Essa ferramenta não serve diretamente para a elaboração do PDI, mas pode ajudar a empresa a se organizar de uma maneira que permite investir tempo nesse tipo de estratégia.

Com um software de gestão de RH, é possível automatizar boa parte das atividades operacionais da área.

A plataforma permite eliminar planilhas e fazer a gestão dos funcionários por meio de uma plataforma armazenada na nuvem, integrando rotinas e obrigações trabalhistas em um só lugar. Dessa forma, a equipe foca menos em atividades operacionais e burocráticas e mais na estratégia, sobrando tempo para implementar novas ações, como o PDI. O resultado? Um RH estratégico de fato!

Se você quer implementar uma ferramenta desse tipo em sua empresa, recomendamos o software de RH da Convenia. Com ele, é possível:

  • automatizar os processos de admissão e de rescisão, inclusive tornando-os 100% online
  • fazer a gestão das férias dos colaboradores
  • fazer a gestão de benefícios
  • distribuir holerites digitais
  • publicar despesas, avisos, aniversários e outros comunicados em um mural de comunicação virtual
  • acessar dados e gerar relatório

Aprenda mais sobre Plano de Desenvolvimento Individual

Além das principais ferramentas, há muito mais para aprender quando o assunto é Plano de Desenvolvimento Individual. Por isso, fiz um guia completo para você saber tudo sobre PDI! Após a leitura do material, você saberá:

  • O que é PDI
  • Quais são os benefícios desse plano para as empresas
  • Quando é o momento de adotá-lo
  • Quais as etapas para colocar em prática
  • E muito mais!

Baixe gratuitamente agora o Guia Completo sobre Plano de Desenvolvimento Individual!

Nova chamada para ação