Caixa vai disponibilizar R$ 35 bilhões em linhas do Plano Safra


Serão ofertados recursos em diversas modalidades e tributos para custódia, investimento, comercialização e industrialização

PARA caixa Oferecerá R$ 35 bilhões em suas principais linhas de crédito rural por meio do Plano Safra 2023/2024. O financiamento será destinado a agricultores familiares, pequenos e médios produtores, além de agroindústrias e cooperativas. Para a agricultura familiar, foram disponibilizados R$ 1,3 bilhão com o crédito mais barato.

Os recursos serão divididos entre as linhas operadas pelo banco para custódia, investimento, comercialização e industrialização. O Plano Safra 2023/2024 foi lançado pelo governo na semana passada com um montante de recursos de R$ 364,22 bilhões e penhoras de 7% a 12,5% ao ano.

Na linha de custódia, pequenos produtores podem solicitar crédito com taxa pré-fixada de 3% ao ano pelo Pronaf Custeio. Os produtores têm uma taxa pré-fixada de 8% ao ano para o Custeio Pronamp. Outros produtores têm acesso a crédito com taxa pré-fixada a partir de 12%. As cooperativas podem solicitar crédito com taxa pré-fixada de 11,5%.

A linha de custódia destina-se a cobrir despesas da produção agrícola como aquisição de insumos, sementes, fertilizantes, defensivos, gastos com animais, rações, compra de vacinas e medicamentos.

Para comercialização, os produtores terão taxas pré e pós-fixadas de 12% ao ano. As linhas de “Comercialização de Adiantamento a Cooperados” possuem taxas pré-fixadas de 11,5%.

O objetivo de viabilizar ao produtor ou suas cooperativas os recursos necessários para a comercialização de seus produtos, com a finalidade de retirar recursos das cooperativas, permitir o armazenamento e conservação de dois produtos agrícolas e garantir preços ao produtor.

investimentos

A linha de investimento financiará a implantação, ampliação e modernização de infraestruturas produtivas e a prestação de serviços relacionados com o melhoramento da atividade agrícola na propriedade, além de possibilitar a aquisição de bens ou serviços cuja utilização abranja vários períodos produtivos.

O pequeno produtor tem acesso ao Pronaf com taxas pré-fixadas a partir de 4% ao ano para investimento na faixa 1. Os demais produtores têm acesso a outras linhas de crédito com taxa pré-fixada a partir de 7% ao ano.

O banco também oferece crédito para industrialização, com recursos para cooperativas ou agroindústrias para o financiamento de negócios inerentes ao processo de industrialização ou beneficiamento de produtos agrícolas.

Cooperativas de pequenos produtores podem solicitar o crédito do Pronaf Industrialização com taxas pré-fixadas a partir de 5% ao ano. Outras cooperativas de produção podem solicitar crédito com taxa pré-fixada de 11,5%.

Para pequenos e médios produtores, a Caixa oferece o Ainda ou Proagro, programa do governo federal que visa conceder aos produtores rurais obrigações financeiras relacionadas ao financiamento rural para custeio agrícola com recursos obrigatórios até o valor mínimo de R$ 335 mil quando o agricultor recebe .Reduzido devido a eventos climáticos, pragas ou eventos descontrolados.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *