Caixa reduz juros para pequenos negócios após corte na Selic

[ad_1]

Banco Central definiu na 4ª (20.set) que a taxa básica será de 12,75%; banco também anunciou cortes para pessoas físicas

A Caixa Econômica Federal reduziu as taxas de juros das suas linhas de crédito para pequenos negócios depois de o Banco Central anunciar corte de 0,5 p.p. na Selic na 4ª feira (20.set.2023). A medida também beneficia pessoas físicas e as grandes empresas.

Com a mudança, as micro e pequenas empresas passam a ter capital de giro com juros a partir de 0,99% ao mês. Os pequenos negócios também contarão com prazo estendido para pagamento da linha em até 60 meses e carência de 6 meses, a depender da modalidade.

Segundo a Caixa, não há uma destinação específica e os empréstimos podem ser aplicados, por exemplo, na compra de estoque, adequação do fluxo de caixa ou pagamento do 13º dos funcionários.

Para as médias e grandes empresas, a Caixa reduziu juros nas linhas de capital de giro Crédito Especial Empresa. Essas modalidades de crédito estão disponíveis a partir desta 5ª (21.set).

O banco informou que o Crédito Especial Empresa Parcelado passa a operar com uma taxa média de CDI + 0,25% ao mês, redução de 10% na comparação com a taxa anterior de CDI + 0,28%. Já na linha Crédito Especial Empresa Investimento, o banco oferece taxa de juros média de CDI + 0,29% a.m, redução 9,37% em relação à taxa média praticada de CDI + 0,32% a.m.

Já a taxa média de juros no Consignado caiu de 1,61% ao mês para 1,55% ao mês.

Segundo a presidente da Caixa, Rita Serrano, a redução da taxa básica de juros, que alcança agora seu menor nível desde junho de 2022, proporcionou um ciclo positivo na economia, permitindo maior acesso ao crédito.

“São medidas que alcançam todos os clientes da CAIXA, auxiliando para que as empresas voltem a investir e contratar, e para que as pessoas possam voltar a sonhar e planejar suas vidas. O crédito facilitado acelera o ritmo da atividade econômica e a CAIXA, como instituição financeira, é um grande fomentador desse processo”, disse Rita.



[ad_2]

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *