Após reunião de líderes, Lira decide pautar projetos no plenário


Decisão foi tomada mesmo depois de frentes parlamentares anunciarem movimento para obstruir votações em reação ao STF

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), decidiu nesta 4ª feira (27.set.2023) pautar duas propostas no plenário mesmo depois de 18 frentes parlamentares, entre elas a bancada do agronegócio, anunciarem movimento para obstruir votações. O grupo critica a “invasão de competências” de competências do Legislativo em julgamento recentes do STF (Supremo Tribunal Federal), como o do marco temporal. Em plenário, deputados da oposição defenderam manter a obstrução e criticaram a decisão de Lira. A pauta foi definida em reunião de líderes e inclui a medida provisória (1.177 de 2023) sobre crédito extraordinário para o combate à gripe aviária e o projeto de lei sobre cota para filmes nacionais no cinema (PL 5497 de 2019). Presente na reunião, o líder do PT, deputado Zeca Dirceu (PR), afirmou que as votações serão retomadas na Casa, mesmo com a obstrução do Novo e do PL –partidos de oposição ao governo.

 



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *